Ana Maria Braga não consegue subir ladeira ao testar carro elétrico inventado por gaúcho Inventor de Lajeado participou ao vivo do Mais Você na manhã desta quinta-feira

Ana Maria Braga não consegue subir ladeira ao testar carro elétrico inventado por gaúcho

Inventor de Lajeado participou ao vivo do Mais Você na manhã desta quinta-feira


Ana Maria Braga não consegue subir ladeira ao testar carro elétrico inventado por gaúcho Reprodução/TV Globo/Divulgação
JAD foi levado ao Projac e apresentadora testou o veículo ao vivoFoto: Reprodução / TV Globo/Divulgação
Pelo jeito a apresentadora do Mais Você não tem sorte com situações envolvendo carros. Um ano depois de ter sido atropelada ao vivo por um veículo sem motorista, nesta quinta-feira, Ana Maria Braga se atrapalhou ao testar o JAD, carro elétrico inventado por um gaúcho.
Mesmo alertada pelo Louro José, que disse "Ana Maria, olhe lá", a apresentadora dirigiu o veículo pelo Projac, mas não conseguiu subir uma pequena ladeira. Depois de duas tentativas frustradas, em que o carro acabou descendo de ré, o inventor do carro, João Alfredo Dresch, que estava ao lado, teve de intervir e acionar o acelerador.

— O senhor pisa aí então, que é mais garantido. O senhor conhece seu carro melhor do que eu. Agora vai! — narrou Ana Maria, que colocou a culpa na falta de marchas do minicarro.

Louro até achou que tinha acabado a bateria, mas Dresch explicou que a motorista não poderia tirar o pé do acelerador, o que ela estava fazendo.

Intitulado como "Ana Maria pilota menor veículo do mundo", o vídeo está disponível no site da Globo, assim como a entrevista com o inventor e a reportagem feita em Lajeado, no Vale do Taquari, que mostra o funcionamento do JAD.


Veja como funciona o carro elétrico:


Ficha técnica do JAD

Tamanho: 1,20 metro de altura, 1,05 metro de largura e 1,95 metro de comprimento
Peso: 295 quilos
Capacidade: duas pessoas
Motor: elétrico, tem rolamento especial de 5 CV
Velocidade máxima: 70km/h
Equipamentos: cinto de segurança, freio a disco nas quatro rodas, extintor de incêndio, freio de mão, estepe e carregador de bateria para tomadas convencionais 110 V ou 220 V
Bateria: 14 baterias de gel, com vida útil de até cinco anos
Autonomia: após duas horas carregando, o carro anda por duas horas 
Especificidades: não é automático e não tem marcha, tem apenas freio e acelerador. A ré é acionada por um botão que inverte a polaridade do motor
Custo de rodagem: cerca de R$ 0,10 por quilômetro (valor gasto com energia elétrica)
Valor de venda: estimado entre R$ 15 mil e R$ 18 mil

Share on Google Plus

About Geisa Santos

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment